sexta-feira, 1 de março de 2019

Cerathostylis restiquama ou rubra



Ola, hoje trago novamente a Cerathostylis restiquama ou rubra.


Ficou sem florescer e resolvi trocar todo o substrato dela e seu vaso. Bingo!!! Reagiu rapidamente e quando a temperatura caiu uns 5 graus nesta semana chuvosa, suas flores abriram rapidamente. Agora veio com três flores em cada haste, antes viera com uma.

Considero de fácil cultivo e bem agradável.

Que vegetativo interessante! Uma paixão! Defendo tê-la na sua coleção particular.

O motivo de fazer o corte no rizoma se deve a estética do exemplar no vaso e o fato de ter surgido raízes. Algo estava acontecendo, então acrescentei um pouco de musgo e verei os próximos passos para separá-lo da matriz. Quem sabe agora ela entoucera mais um pouco! O vaso cerâmico reterá mais umidade que o cachepot de madeira.

Quando pensamos nos próximos passos, as orquideas nos surpreendem gradativamente, exigindo mais atenção e observação e melhoria no cultivo. Daí o encanto pela orquidofilia.

Único exemplar com um rizoma pendente muito longo. Esta preparado para corte.

Fixei musgo onde surgiram raizes e farei um corte de rizoma

Acrescentei musgo chileno sobre o substrato

Vegetativo saudável e bem hidratado com a troca do subtrato

Nenhum comentário:

Postar um comentário