sexta-feira, 12 de outubro de 2018

O ralo no cultivo das orquídeas

Olá,

Temas de sustentabilidade e práticas saudáveis são dois contextos para repensarmos algumas besteiras no cultivo de orquídeas. Aqui vão algumas das experiências no Brasiliana onde houve alguma perda, ou seja, algo foi para literalmente para o ralo.

1- cortar ou repicar a sua touceira. Nunca! O risco de perder os cortes ou enfraquecer a planta é enorme e a prática vale para quem tem muita experiência e conhece o cultivo do seu exemplar. Quase perdi uma Miltonia spectabilis assim. É necessário muita adubação para que os cortes não definhem.

2- adubação em demasia. Quantidade excessiva sem necessidade. Ou o substrato graúdo não absorvirá ou a planta literalmente secará com o bokashi, por exemplo! Sempre destine uma quantidade menor que a recomendada pelo fabricante e vá aumentando conforme o uso e observação depois de testado nas suas orquídeas.

3- adquirir exemplares não recomendados para o local do seu orquidário. Ou destine a adaptação necessária ou abra mão da muda ou planta adulta. Enquanto não perceber isso, haverá danos nas orquídeas, seja ele qual for.

4- fazer a divisão para agradar um amigo. Se a planta estiver com poucos pseudobulbos ou pequena, esqueça! Espere mais dois anos e presenteie com um lindo corte, enquanto isso, a sua orquídea agradece e estará bem cuidada até lá!

5- perceber que a orquídea está literalmente definhando. Procure o fornecedor ou leve o exemplar para os cuidados e correções necessárias até por um cultivador experiente (tutoramento, substrato, iluminação, etc). Pode parecer óbvio, mas o olhar do iniciante não considera isto. Todo dia vai ver a sua plantinha, mas não faz idéia que ela está pedindo ajuda e corre o grande risco de se extinguir.

Pense! A sua empolgação poderá não considerar os riscos e conseqüências para os seus exemplares.

Dica: dê cortes saudáveis para um amigo de confiança! Se o seu exemplar não se adaptar no seu orquidário, daqui alguns anos poderá ter um outro corte de volta. Aqui vale uma ressalva, orquidófilos querem plantas e são movidos por este interesse. Observe qual deles é mais confiável para receber a sua orquídea! Rs.

Nenhum comentário:

Postar um comentário