sexta-feira, 20 de julho de 2018

Pleurothallis plymatodes x Pleurothallis teaguei


Olá, hoje trago um híbrido entre o Pleurothallis plymatodes e o Pleurothallis teaguei.

Comprei este exemplar logo quando me mudei do apartamento para aqui. Cultivava como as Phalaenopsis que vieram do apartamento. Experimentei o replantio para outro vaso de plástico maior, regrediu. No ano passado preferi retirá-lo da prateleira e suspendê-lo junto com as demais orquídeas que estão debaixo do plástico agrícola. Fiz esta transição no inverno do ano passado.

Dica: sempre faça esta transição durante o inverno para que o exemplar possa de adaptar lentamente e criar resistências na folha e caules quanto à exposição solar ou iluminação exagerada.

Agora veja 3 flores por folha! Um sinal que ela adaptou-se e está melhor.

Outro sinal: não há mais formigas trazendo colchonhilhas.

Um ponto a melhorar: desidratação na ponta do folha tem ocorrido e é preciso entender esse processo para evitá-lo.

Bom cultivo!




Nenhum comentário:

Postar um comentário