sexta-feira, 4 de maio de 2018

Destaque do mês - Bulbophyllum medusae

Olá,

Trago hoje uma orquídea muito charmosa e exótica: Bulbophyllum medusae.







  • Nome Científico: Bulbophyllum medusae
  • Sinonímia: Cirrhopetalum medusae, Phyllorchis medusae, Phyllorkis medusae
  • Clima: Equatorial, Oceânico e Tropical
  • Origem: Ásia, Bornéu, Filipinas, Oceania, Sumatra e Tailândia 
  • Luminosidade: Luz difusa com sol pela manhã
É epífita, de crescimento simpodial, originária das florestas de terras baixas, próximas ao nível do mar, da Tailândia, Bornéu, Filipinas, Ilhas de Sonda e Sumatra.Tem pseudobulbos pequenos geralmente retorcidos, com cerca de 3 centímetros de comprimento, arredondados, com uma única folha ereta cada, verde escura, de 8 centímetros. As inflorescências surgem na base dos novos pseudobulbos, no outono, e são umbeladas, bracteadas, erguendo-se ligeiramente acima da folhagem. Cada inflorescência é um cacho, com 30 a 100 pequenas flores de cor creme bem clara. 
  • Cultivo: Fácil!
  • Dica: Subtrato misto na camada superior do cachepot de peroba. Fundo com pedaços de isopor. O grande segredo é direcionar os rizomas para que sua próxima floração possa ficar distribuída no cachepot. Odeia rega na inflorescência, há de se ter o cuidado de regar as folhas e pseudobulbos bem junto do substrato.
Desejo um bom cultivo de Bulbophyllum!

Nenhum comentário:

Postar um comentário