sexta-feira, 27 de abril de 2018

Cattleya labiata tipo

Olá, mais uma Cattleya labiata tipo.

Substrato misto e vaso cerâmico

Amei a forma dela, primeira floração!

Está sem procedência. Perdi o caderno com a lista de todas, procedência e fornecedores. Sei que veio para cá em 9/2011 ainda pequena.

Esta espécie é conhecida como Rainha do Sertão por ser do nordeste brasileiro. Muitos cultivadores desenvolveram meristemas e cruzamentos por apresentar uma boa forma e ter várias flores numa haste, além de perfume bem aceito pelo público.

Neste ano foi atacada por tentecoris, mas não perdeu nenhuma folha ou algo que tenha comprometido algo no sistema vegetativo dela e sua inflorescência.

Aprendizado: Grande parte das Cattleyas foram adquiridas no verão/2016 e 2017. Até então havia uma grande parte da coleção Brasiliana diversificada. Neste ano o ataque de tentecoris ocorreu nas Cattleyas e nos Epidendrums. Foi um aprendizado e tanto controlar com SPB e não deixar a infestação aumentar.

Bom cultivo!

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Dica - arames de fixação

Oi!

Aconteceu algo aqui na hora de tutorar as flores que eu gostaria de compartilhar: o arame cortou a haste!

Devemos separar a planta quando a haste estiver com os botões, cuidar da rega e tutorá-la.

Neste caso, voltei de viagem e as flores já estavam abertas. Fui tutorar a haste e arrumar as flores... vejam o que aconteceu! Terei orquídea de corte sobre a mesa. Rs.



Fica a dica para evitarem o uso do arame chato. Nem sempre encontramos o arame roliço para venda. Quando o encontramos é precificado por quilo e não por metro. Sempre use o arame plastificado.
Bom cultivo! Cuide das hastes e evite o arame chato se não tiver muita prática ou habilidade no tutoramento.

sexta-feira, 13 de abril de 2018

Bulbophyllum careyanum laranja



Olá,

Hoje falaremos do Bulbophyllum careyanum (laranja). Tenho outro (vermelho). Não saberia dizer qual cor é mais comum. Rs. E nem por que há a necessidade de ter as duas cores e os dois na coleção. Rs.

Haste com várias flores com 6 dias


Aberta no primeiro dia

Evitar jogar água nas hastes florais para maior duração das flores. Abrindo.

Orquídea originária da Ásia, epífita e necessita de 70% de sombreamento.

Gosta de substrato médio com um pouco de musgo para reter umidade. Aqui está cultivado no cesto de peroba. Muitos cultivam no prato de plástico.

Sua floração é no começo do nosso outono, fim de março ou início de abril. Não dura uma semana.

Este ano deu 15 hastes com várias flores! Um encanto!

Nos anos anteriores não deu flores e digo o porque: faltou sol da manhã e rega mais constante.


Touceira com 15 hastes florais

sexta-feira, 6 de abril de 2018

Maxillaria rufescens

Raizes na cor escura, idem pintas no labelo

Labelo com pintas
Entre as Maxillarias, esta é uma veio pequena e neste ano apresentou uma inflorescência interessante, para não dizer inusitada: labelo e coluna com pintas!!! Isso mesmo. E suas raízes denunciam isso.

Veio de Minas Gerais. Comprada em 2014 com outras. Sempre ficava na expectativa da flor e nada. Então restava-me observar suas raízes escuras.

Adorei esta pequena! Haste curta! Bem interessante!

Perdeu outras flores porque sem vê-las, tomou água como as demais. Será preciso isolá-la nesta época para que não se perca cada botão.

Será necessário replantá-la! É um dos poucos casos que quebrarei o vaso cerâmico, mas não colocarei em risco o exemplar. Rs.

Esta junto com muitas que tomam sol pela manhã numa prateleira ventilada no fundo.

Bom cultivo! Vale a pena tê-la!


Acianthera strupifolia - destaque do mês



Acianthera strupifolia é a orquídea em destaque neste mês. Originária da Mata Atlântica, epífita de florestas secas ou úmidas.


Sinônimos: Pleurothallis strupifolia; Humboltia strupifolia; Pleurothallis picta, Pleurothallis bicolor, Pleurothallis hookeri, Restrepia liebmanniana, Pleurothallis glaucophylla.

O cultivo dela é surpreendente porque veio numa placa de madeira e está no cachepot de peroba. Fica de ponta cabeça/pendente e quando menos se espera vem uma haste com várias flores.

Amo!!! Fica a dica para tê-la na sua coleção!