sexta-feira, 30 de março de 2018

Prostachea radiata

Olá, hoje trago a Prostachea radiata. Uma  das mais interessantes: fragância que lembra mel e coloração da orquídea baunilha. Como as demais desta espécie, não tolera muita retenção de água no substrato e necessitam de sol direto, mesmo que moderado.









Durante o inverno, a redução da rega é fundamental para esta orquídea. Já comentamos que a maioria afoga as suas orquídeas. Sem exceção! Rs.

Nativa de uma vasta região da América Central e América do Sul, de países como o México, Panamá, Costa Rica, Honduras, Guatemala, Colômbia, Belize e Venezuela.

Este exemplar veio de um amigo que mora em Ubatuba, fez um corte e me deu em 2014! Sempre vem com frentes novas e inflorescências no ápice. Suas flores são ressupinadas, ficam de ponta cabeça.

(O que aprendi visitando o cultivo deste amigo: ela estava cultivada numa rocha na beira do mar! Clima bem úmido, porém suas raízes não retinham água de nenhum subtrato). Sempre vale a pena visitar locais e cultivos diferentes para se aprender algo mais.

O interessante dela é que é de pequeno porte e se ramifica nos pequenos rizomas e pseudobulbos alongados e folhas de pequeno porte.

- Uma graça para se ter na coleção! Obrigada pelo presente!


Nenhum comentário:

Postar um comentário