sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Percevejo-das-orquídeas (Tentecoris bicolor)

Olá,

Hoje trago um assunto da semana no Brasiliana. Conhecido por muitos orquidófilos: Percevejo das orquídeas ou Tentecoris bicolor.

Infelizmente para nós este inseto vem buscar nutrientes e escolhe folhas novas e tenras, frentes das orquídeas. Percebi que escolhem folhas carnudas das Cattleyas, Epidendrums e Hadrolaelias. É a cadeia alimentar e as orquídeas oferecem alimento para ele.

Aqui já atacou Epidendruns, Cattleyas, Hadrolaelias. Deve atacar demais gêneros que desconheço.

O ambiente no Brasiliana é controlado. Possui sombrite, plástico agrícola e tela, entretanto parte dele está desprotegido, na face norte onde possui as frutíferas nos vasos. Nesta área há o cultivo de C. walkerianas, Epidendruns, Hadrolaelias, Sobralias e as terrestres, assim como algumas Maxillarias.

O vento lateral é um aliado importante para a área que possui cobertura em plástico agrícola e telha translúcida. Cruza estas áreas constantemente e há sombrite nas laterais para evitar insetos e demais pragas.

Quase que diariamente percorro todos os vasos e havia percebido um ataque isolado de Tentecoris numa Cattleya, depois noutra, isolei todos os vasos atacados, incluindo uma Hadrolaelia e um Epidendrum, pois haverá indivíduos novos se desenvolvendo nas folhas pelos próximos dias.

Estágio inicial e avançado
Preferi cortar a folha
Percebi indivíduos adultos (laranja e preto) e outros menores (pretos), matei esmagando-os. Podem voar ou se esconder dentro do substrato graúdo. Na dúvida, elimine a folha, pois o controle dos jovens é mais difícil por serem bem menores e pretos. Observei que enquanto tiver claridade, há possibilidade de encontrá-los, sem ter dificuldade de exterminá-los.

Apliquei SPB e devo pulverizar neem para evitar que saia do controle e acabe exterminando alguma orquídea.

(Após a publicação deste artigo, foi aplicado o K-othrine. Não havia neem no estoque daqui).

No caso de não resolver, aplicarei o inseticida sistêmico para não perder os exemplares.

Quais conseqüências se fugir do controle? - aumento considerável de indivíduos adultos e exterminação da orquídea por contaminação.

Bom controle!


Nenhum comentário:

Postar um comentário