sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Coleção de orquídeas terrestres

Amigos de orquídeas terrestres,

Demorei por entendê-las! Ainda estou rezando muito para agradá-las. Rs. Reze por elas também!

Tenho algumas orquídeas terrestres de fácil cultivo, entretanto há algumas mais delicadas que necessitam de acompanhamento constante. Vejam abaixo à esquerda:

Stenoglottis longifolia https://www.blogger.com/blogger.g?blogID=3289191018640659854#editor/target=post;postID=6688809308212761656;onPublishedMenu=publishedposts;onClosedMenu=publishedposts;postNum=44;src=postname 
e
Sacoila lanceolata https://www.blogger.com/blogger.g?blogID=3289191018640659854#editor/target=post;postID=579633500819168170;onPublishedMenu=publishedposts;onClosedMenu=publishedposts;postNum=72;src=postname . Soube ser polinizada por beija-flor, então mantive perto do canteiro onde os pássaros visitam o jardim. Suas folhas quase foram dizimadas por insetos.


Dizem ser de difícil cultivo por não pertencerem ao nosso habitat:

Acima à direita: Orchys italica ou Naked man orchid (orquídea do homem nu) originária da Grã-Bretanha até o norte da África. Dizem ser de difícil cultivo. Veio plantadas com mistura de perlita e substrato com húmus e não ácido. Ainda estão se desenvolvendo. Adicionei areia média, micorizas e bokashi e mantive no vaso de plástico. Suas folhas são manchadas como a Stenoglottis longifolia.

No topo superior direito, a Ophrys speculum ou erva-abelha nativa da península ibérica, predominante em Portugal: Algarve e ilhas dos Açores. Também existe na Espanha, Chipre e Grécia. Se ela crescer bastante com o que foi adicionado ao vaso, terá que ser deslocada para um vaso maior, pois deverá crescer bastante.

Ainda não tenho as florações das duas. Teremos que rezar e aguardar. Rs.

Bom cultivo de orquídeas terrestres!



Nenhum comentário:

Postar um comentário