sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Hadrolaelia alaorii

Hadrolaelia alaorii é o assunto de hoje!

Rosa claro

Sinônimos: Laelia alaorii, Sophronitis alaorii, Laelia alaorii f. dietliana, Sophronitis alaorii f. dietliana, Cattleya alaorii.

Soube que é epífita sob luminosidade moderada. Altitude de 400 a 1.000m originária da Bahia.

Sua coloração rosa é imbatível! Geralmente possui uma única flor pequena de 5cm com duração de até 15 dias. Esta veio com apenas uma única flor no início do verão e também floresce no início do outono.

O cultivo dela é considerado fácil.

Eu perdi uma 4N por falta de umidade no substrato e vaso cerâmico e ajustei o cultivo desta para não perdê-la: atualmente está num vaso de plástico com casca de macadâmia e carvão. Fica cerca de 1m acima do chão sobre um canteiro de terra que mantenho úmido.

Fica ao ar livre. Está indo bem. Não descuido do lesmicida.

Queimou a folha devido ao sol direto
Recomendo tê-la na sua coleção! É pequena e bem interessante quanto à forma do seu labelo e pétalas.




sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Destaque do mês: Eria spicata 'Moir'

Escolhi esta Eria para o artigo de hoje. Tive a contribuição de uma amiga do Facebook na identificação dela: Eria spicata 'Moir'.

Nunca havia ouvido sobre ela até a exposição de 2014.

Comprei e estive direcionando o cultivo vegetativo do tipo escandente. Tutorei com um toco de café sem casca e mantive a simetria em evidência.

Percebi a diferença em relação as outras Erias que gostam de substrato que retém mais a umidade.

Após 4 anos, floresceu a partir do quarto pseudobulbo. Duas hastes em cada. Um show a parte!

Sinto não poder acrescentar mais sobre esta orquídea! Rs.

Bom cultivo das Erias