sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Coelogyne xyrekes

Olá,


Trago hoje a Coelogyne xyrekes, prima de Coelogyne usitana já descrita neste blog.

Pesquisando algumas Coelogynes, fiz uma lista. Esta foi presenteada pela amiga. Veio num vaso de plástico.

O que elas tem de comum? - Ambas são de haste floral pendentes e possuem folhas longas que caducam. Cada haste se desenvolve na base do bulbo novo. Outra ponto em comum, ambas florescem em novembro/dezembro e possuem flores seqüenciais.

Assim que chegou no Brasiliana, replantei com mix de casca de macadâmia e carvão sobre uma base de isopor picado no fundo de um vaso cerâmico fundo, sem furos nas laterais. As raízes secam e ficam molhadas. Talvez esta seja a maior dica para o cultivo desta Coelogyne, assim como das orquídeas em geral.

Suas raízes se desenvolveram rapidamente com o mix de micorrizas que utilizo no plantio.

No mês passado foi adubado com bokashi sem cheiro que uma amiga ofereceu para experimentar. Adorei este bokashi! Encomendei alguns kilos dele. Rs.

Bom cultivo de Coelogynes!

A sépala não abre, fica fechada junto à coluna.
Veja como as pétalas ficam na horizontal.

Para ver a flor é necessário abrir a sépala

Veja como o labelo é interessante



Nenhum comentário:

Postar um comentário