sexta-feira, 10 de março de 2017

Stenoglottis longifolia, uma africana terrestre

Olá,

Vejo uma preferência de alguns orquidófilos por algumas orquídeas terrestres.

Ganhei algumas, me desfiz por falta de espaço na bancada.

Algumas possuem flores pequenas em relação ao porte vegetativo. Outras são simplesmente fabulosas e protegidas da sua extinção.

Conheci esta orquídea numa exposição em 2013 e comprei um exemplar. O vendedor me disse que era da África e que após a floração hibernaria (dormência) no vaso. Regas deveriam ser diminuídas. Após quase um ano, quando o vegetativo começasse a dar sinais no vaso, poderia dar adubo e aumentar as regas.

Posso dizer que levei a sério tudo isso. A batata secou, ou seja, morreu.

Agora pude adquirir outro exemplar. Eis foto dele.

Vejam os detalhes. A natureza é perfeita!


Inflorescência no verão

Fui observar a sua haste no início. Iniciando o seu tutoramento com arame fixado na borda do vaso, pois sendo terrestre poderia lesar as raízes com a vareta de bambu.

Vi que outra terrestre Sacolia lanceolata havia sido devorada por um inseto! Restanto apenas um exemplar dela. Quis morrer, digo matar o inseto. Rs.

Percebi a diferença entre as duas terrestres. A Sacolia lanceolata desenvolve o vegetativo dela depois que a haste floral seca. A Stenoglottis longifolia desenvolve as folhas antes da haste e permanece até a sua floração acabar quando então perde tudo para ficar na dormência.

Mantenho as duas no vaso de plástico com terra e areia, acrescento húmus, adubo com chorume como faço nas frutíferas e ervas que estão nos vasos. Tomam sol pela manhã por cerca de uma hora e estão ao ar livre no local descoberto sem defesa dos insetos.

Digo para separá-la ainda quando os botões iniciarem a abertura, assim ela ficará protegida das chuvas de verão ou granizo.

Dica para minimizar as consequências do granizo comum no verão: um colega me disse para regar com água da rua logo após o granizo, derreterá as pedras e não queimará as raízes e frentes. Resolveu por aqui num verão onde o sombrite segurou as pedras mas a queda brusca de temperatura faria um estrago no desenvolvimento delas.

Desejo um excelente cultivo das suas orquídeas terrestres!

(Não me pergunte como uma orquídea africana veio parar no Brasil. Imagino que poucos fazem a importação e exportação de orquídeas).




Um comentário:

  1. olá! hj ganhei uma muda , me diz eu adubo ela mesmo na dormencia?, molho quantas vezs> besos amiga

    ResponderExcluir