sexta-feira, 17 de março de 2017

Preserve as partes boas

Oi,

Trago neste artigo fotos de uma Cattleya com a infestação da vespinha Eurytoma orchidearum.

Regra de ouro
Salve o que puder.
Raízes sem deformidade.
Gemas que poderão desenvolver novas frentes.
Pseudobulbos saudáveis.
Preserve as partes boas.
Isole das demais orquídeas.

Descarte
O lixo.
Partes que tiverem o furo por onde a vespinha saiu.
Possível espata com a floração.

Salve o que puder


Observe o efeito da infestação na raiz

Sacrifício da floração para poupar energia

Diferença entre as raízes sem e com a infestação

Siga em frente
Utilize a aplicação de inseticida sistêmico por 2 a 3 aplicações nas raízes.
Observe e observe no decorrer do período.

Se perdeu a matéria com a vespinha, acesse o link:
Replantio com a vespinha

Bom cultivo e cuide das suas orquídeas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário