sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Odontocidium Catatante

Hoje vamos saber um pouco sobre a orquídea Odontocidium Catatante, ela obteve o segundo controle de cultivo dada no Brasil para uma flor! Há duas plantas cultivadas pela empresa Dfloraflor, uma é a Sun Spot e a outra é a Sun King. A diferença entre elas é imperceptível. Vi o tom do labelo mais claro que a outra.

www.dfloraflor.com.br


Hibridação é o processo onde há o cruzamento de orquídeas. Ela foi desenvolvida no Havaí pelo hibridador James McCully e quem pode vendê-la exclusivamente no Brasil é a Dfloraflor.

O que ouço muito é que há poucos hibridadores de orquídeas, uma atividade quase em extinção, talvez sob o ponto de vista que muitos tentaram e sem sucesso fizeram novas orquídeas que não cairam no gosto do público. Por outro lado há várias referências no mercado, filhos e netos que deram continuidade do trabalho do fundador desta atividade no Brasil.

Conhecemos muitos cultivadores de orquídeas que selecionam as melhores flores e separam para a sua reprodução. Destinam ao varejo ou vendem no atacado, assim o ciclo de produção e distribuição se completa até nós comprarmos no supermercado, exposição, centro de distribuição e floriculturas.

Por baixo teremos de 3 a 5 anos no desenvolvimento da planta. Admiro todos que estão envolvidos no processo das orquídeas. Desta forma se torna economicamente rentável e compraremos a orquídea sabendo da sua procedência, reproduzida e evitando a retirada dos habitats e comércio ilegal.

Vemos muito no mercado o resultado que quase deu certo. Pense numa orquídea que não abre toda, ou outra que é excepcional! Esta excepcional irá para a reprodução ou será adquirida por um colecionador.

Intergenérica é o termo utilizado quando há o cruzamento entre gêneros afins de diferentes espécies de orquídeas.

Neste caso denominamos de hibridação intergenérica. No Brasil praticamente são desconhecidas e para o produtor é um desafio desenvolver o mercado.




O cultivo dela exige luz, calor, água abundante. A minha veio no vaso de plástico com a boca estreita e um pouco fundo. Plantada na casca de pinus, carvão e um pouco de musgo. Está pendurada no orquidário e tenho a certeza que a haste dela exigirá altura maior.

Ela não tem uma época exata de floração, quando forma o pseudobulbo soltará uma haste nova.

Não tem perfume e sua floração é abundante por cerca um mês até 45 dias, rega abundante no vaso mas não na haste floral.

Enfim, uma orquídea diferente e interessante pela cor e história. Manterei a minha na coleção Brasiliana. Conheça-a, ficará encantada com os tons laranjas e sua floração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário