segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Destaque do mês Phragmepedilum sedelii

Phragmepedilum sedelii

 
Hibrido feito em 1873 entre Phrag. longifolium e schlimii. De fácil floração e cultivo. Provavelmente florescerá duas vezes ao ano, o que ainda não ocorreu com a minha planta. Rs.

Comprei esta planta florida numa exposição de orquídeas, faz parte das minhas primeiras aquisições na orquidofilia. Primeiro gostei das flores exóticas, sapatinhos cor-de-rosa, lângüidos e diferentes das demais orquídeas que eu havia visto até então.



Após algum tempo a primeira flor despencou!!! O fornecedor havia me dito que isto aconteceria, uma flor abriria e cairia e daí a de cima dela e depois a última da haste até o seu topo! As hastes chegam aos 30 centímetros de comprimentos e em cada uma delas, até quatro flores de 6cm. Não tem perfume.

Após quatro anos sem florir, folhas estiolaram e resolvi mudar o substrato com brita ao fundo do vaso, musgo, húmus e areia. Aproveitei para testar o chorume de minhoca na diluição 1:20. Mantive no vaso de plástico. Bingo!

Um amigo me deu a dica de deixar na mureta do jardim. Assim o fiz, escolhi o local com pouco sol no final da tarde e muita luz. Ele também me disse como partí-lo em duas plantas, mas não o farei, pois as duas plantas estão em simetria na floração. Rego diariamente com água abundante no final do dia e garanto que haja a vegetação acima dele para proteção as baixas temperaturas do inverno e exposição ao sol forte a pino no verão.




Eis ela renovada, duas hastes florais, indo para a abertura da quarta flor e última da haste! Faz mais que dois meses que abriu a primeira flor no mês de maio. Estamos em agosto e ainda tem mais uma flor para abrir.

Fico orgulhosa quando a planta reage as melhorias que fazemos e principalmente quando acertamos no cultivo! Eu havia decido abandonar o cultivo de Phragmepedilum e Phaphiopedilum, hoje estou motivada a formar a touceira desta!!!!

Devo mantê-la no orquidário, mas sinto que ela não goste de tantos cuidados como outras que estão em ambiente protegido e controlado.

Se você realmente gosta do seu exemplar que não esta indo tão bem, insista bastante com as dicas de cultivo. Se ele for embora, tenha outro exemplar, outro e mais outro até acertar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário