sexta-feira, 29 de julho de 2016

Mimetismo - parte 02

Nesta segunda e última parte sobre MIMETISMO


Na peça da esquerda da foto abaixo todas as conchas foram fixadas com a cavidade voltada para a parte superior dela. Deve ter algum motivo…



Já na concha da direita ocorre a camuflagem  que funciona como um disfarce, até parece pedaços de coral ou pedras do oceano. Passaria despercebida pelos mergulhadores. Não é considerado mimetismo, é considerada camuflagem.… a camuflagem, que se refere ao padrão de coloração e textura, que torna um organismo semelhante ao seu entorno, dificultando a sua detecção. Veja: https://pt.wikipedia.org/wiki/Mimetismo

Uau! Quem diria que há conchas e orquídeas com o mesmo processo físico de atração ainda não totalmente explicado pela ciência. Há sempre uma vantagem neste processo de mimetismo na natureza.

O mimetismo nas orquídeas ocorre como forma de atração do polinizador para a sua perpetuação através da reprodução da espécie. Há orquídeas terrestres na Austrália Ocidental, Europa, Reino Unido e outras localidades que possuem labelo que visualmente representam a vespa Thynnine fêmea, o inseto é atraído pelo seu odor, imitação do feromônio feminino exalado para a reprodução e visual, acaba saindo com a polínea na cabeça do macho e realizará a fecundação desta polínea na próxima flor. Curiosamente as fêmeas do inseto surgirão mais tarde e as orquídeas já teriam se beneficiado da polinização. Neste processo não há a recompensa alimentar, ou seja, a vespa é iludida pelas orquídeas Ophrys, chamada popularmente de orquídea abelha. Mágico, não?!?!?

https://pt.wikipedia.org/wiki/Mimetismo
                                                            
                                                           
Vejam este vídeo do Museu de História Natural




Este vídeo é do Smithsonian Channel 



Desta forma, estas orquídeas garantem a espécie através do mimetismo com função reprodutiva! 


Bom cultivo e fiquem de olho no mimetismo existente na natureza e nas orquídeas terrestres!

Nenhum comentário:

Postar um comentário