sexta-feira, 20 de maio de 2016

Para um orquidário saudável - parte 04

Hábitos e costumes - Parte 04


6- Assim como os acessórios, selecione também fornecedores das plantas e analise a procedência e cultivo de suas orquídeas. Este é um assunto delicado, e posso falar da minha experiência na aquisição da minha coleção.

  Eu sempre comprei orquídeas com flores. Gostava de escolher pelo perfume, cores, tamanho e forma geral. Então, tive a ideia de montar uma biblioteca básica com alguns livros de referência. Encontrei primeiramente a coleção “As orquídeas da Serra do Castelo”, uma coleção sensacional que descreve 700 orquídeas da Mata Atlântica, com fotos, desenhos, datas de floração... São 04 volumes que possuem várias espécies do Brasil. Comprei os quatro volumes neste link, pois como a venda é feita diretamente pelo autor, o estoque sempre estará garantido. 

   
"As orquídeas da Serra do Castelo"

 

   Organização: Coloquei então, post-its em todas as páginas com fotos que eu gostava da flor... daí surgiu a primeira lista de desejos. Imaginem que havia post-its amarelo para as que já havia adquirido e azul para as que tinha que ter.

    
lhama.me


  Para não levar os livros 24 horas debaixo do braço, havia uma lista simplificada para eu ir às exposições em busca delas. Foi através de pesquisas na Internet e artigos publicados que comecei a aproveitar viagens pelo Brasil para conhecer produtores de orquídeas. Foi bem interessante conhecer cada empresa que visitei, fazer amizades, conhecer as plantas em vários estágios do cultivo, perceber enfim o quanto a condição fitossanitária é a base para o sucesso de um orquidario comercial. Mas, muito importante também: A vocação de quem produz, pois haverá muita história a ser contada.

www.megacurioso.com.br

  Foco total: Para focar no assunto, é o seguinte: paga-se pouco para mudas de tamanhos diversos antes da primeira floração, com a promessa de tirar a sorte grande com uma flor espetacular! Ou então, investe-se muito para ter um corte (dianteiro ou traseiro, mas sempre com ao menos 03 pseudobulbos) da planta adulta com a flor já vista e reconhecido valor estético e de mercado. Após algum tempo, todo orquidófilo apurara o seu olhar e o quesito estético será aflorado. Surgirá naturalmente um movimento de recusa das flores que não possuem ângulos e formas agradáveis e melhoradas geneticamente através de cruzamentos.
      
pitcherplants.proboards.com

  Decida-se: alguns apaixonados (principalmente por Walkerianas) pagam alto por plantas que apresentam tais quesitos, mas outros continuam apaixonados por todas elas, sem exigência alguma, amor incondicional de pais para com seus filhos. Qual tipo você é? 


www.thenativeorchid.com


  Finalizo então, sugerindo que defina o seu fornecedor. Não se esqueca de incluir aquele amigo(a) das redes sociais que sempre manda algumas plantas para você! Lembre-se de doar também as suas para outro(a) amigo(a), pois é dando que se recebe. Hehehe...

    
    Bom cultivo e muitas flores!

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Para um orquidário saudável - parte 03

Hábitos e costumes - Parte 03



5- Selecione fornecedores para cachepot, vasos, pendurais, etiquetas e insumos em geral, principalmente os substratos do seu cultivo
 
Estamos falando aqui da necessidade de buscar qualidade de produtos e de serviços, além de bons preços. Vários fornecedores podem suspender o fornecimento de uma hora para outra, e isto pode te prejudicar, principalmente se resolveu padronizar seu orquidário! Se gostou do produto e do atendimento, com certeza voltará para novas aquisições, mas se teve um atendimento razoável, procure outro fornecedor, pois imagine o efeito desta vibração negativa nas orquídeas?


 
E onde posso comprar? Geralmente os orquidários comerciais possuem uma linha pequena de produtos: vasos cerâmicos, pendurais, cachepots, substratos em pequenas embalagens. Já um Centro de Distribuição, possui escala e bons preços, mas não oferecem produtos customizados. Lojas comerciais de artigos para jardinagem não costumam ter produtos para a orquidofilia, e por fim, as Cooperativas de produtos agrícolas geralmente tem bons preços e alguns artigos que valem a pena, como tesouras, plásticos, telas, arames, pulverizadores.

ninaspetshop.com.br
 
Geralmente compro meus vasos cerâmicos e substratos em exposições de orquídeas, pois procuro ter sempre o mesmo fornecedor, parceiro do evento que possui preços bons e artigos específicos, e para isso sempre reservo uma verba para montar o estoque ou repor artigos que estão acabando, afinal planejamento é tudo! Outra boa opção é fazer compras coletivas, com produtos ofertados por orquidófilos em quantidade menor a partir de uma aquisição de um galão grande, ou mesmo negociar direto com o fabricante ou distribuidor de substratos e vasos cerâmicos.

http://cdn1.mundodastribos.com/371675-compra-coletiva-para-crian%C3%A7a.jpg

 
Fique de olho: Por fim, vale muito a pena descobrir um associado orquidófilo que tem habilidades para fazer cachepots, pendurais e outros artigos para uso nas orquídeas. Durante reuniões da associação, núcleo ou círculo orquidófilo, é comum discretamente oferecerem tais produtos por um valor bem interessante e com qualidade superior ao oferecido ao mercado!  Já presenciei e ofereci o escambo de substratos que possuía e que não mais utilizaria no meu cultivo.


 
Vale a pena oferecer e realizar algo simples com madeiras de demolição, tocos de madeira ou nós-de-Pinho, etc. Eu sou extremamente grata com os amigos orquidófilos que me deram vasos, cachepot de peroba, nó-de-Pinho, tocos de peroba e artigos em geral. Sou imensamente agradecida por tê-los conhecido e pelos mimos que tenho até hoje.

 
PONTO ALTO: Já troquei reproduções das minhas ilustrações por livros recém lançados. Foi deste modo que conheci o meu sócio neste blog, compartilhamos os mesmos valores e atitudes.

domingo, 8 de maio de 2016

Destaque do mês Maxillaria variabilis vermelha


 

Maxillaria variabilis

 
 
É a primeira floração dela comigo! Fico alegre em saber que esta maxillaria floriu, pois tenho várias e acredito que necessitam de mais luminosidade que esta. Esta parece ser de fácil cultivo.
Ela está com as micro-orquídeas no orquidário, cobertura em plástico com ventilação constante e sol pela manhã. Devo mantê-la neste local.
 
Ganhei de um amigo que dividiu uma planta em três partes, ficou com uma parte e dou as duas outras partes.  Sou grata por esse presente!

Soube que fez cortes e a plantou no vaso cerâmico com mix de casca de pinho, chip de fibra de coco e um pouco de pedaços de carvão sobre base com pedaços pequenos de isopor. Possui excelente drenagem e rega abundante em toda ela diariamente. Quando florida, rego somente no substrato para manter as flores por mais tempo como qualquer outra orquídea.
Quando chegou em casa, tutorei com um palito de madeira bem no centro dela e amarrei a base de planta de modo bem firme. Eu já perdi algumas mudas de maxillarias por não dar firmeza nelas, com a rega por esguicho, a planta recém-plantada pode se movimentar e prejudicar a fixação das raízes novas ou mesmo cair do vaso.

Nativa das montanhas da América Central. Possui pseudobulbos elípticos não tão longos e não tão redondos, pseudobulbos levemente achatados com uma folha pequena linear. O rizoma sobe ereto e várias frentes podem surgir da base de um pseudobulbo.

Floração dispersa com unidades que se alternam durante o período de cerca de 3 semanas. Duração de até uma semana cada flor. Possui várias cores desde vermelho escuro até laranja amarelado com vermelho. Se for adquirir uma, veja a cor da flor antes de decidir por ela. A vermelha é bem interessante!

 
O destaque é para o seu labelo: brilhante na parte superior. O contraste é com a coluna, clara, amarelada.
Possui perfume discreto nem tão adocicado ou cítrico, quase indescritível, não acentuado durante todo o dia, imperceptível no orquidário para o tamanho e floração atual.

Para a proporção da parte vegetativa, a floração dela foi satisfatória! Recomendo!

Bom cultivo!

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Para um orquidário saudável - parte 02

Hábitos e costumes - Parte 02


Continuando a nossa proposta para um orquidário saudável, segue a segunda parte:

4- Use protetores de segurança como luvas, óculos, avental e máscara, quando utilizar produtos químicos
 
Sempre ouço falar que determinado orquidófilo morreu de fibrose no pulmão ou que está com câncer devido ao contato produtos químicos utilizados no cultivo. Antes, evitar que remediar uma situação de sofrimento ou pequeno comprometimento com a saúde física atribuído ao cultivo das adoradas orquídeas, não é mesmo?
 
Tenho e mantenho a utilização de produtos ecologicamente corretos em meu orquidário por uma decisão socioambiental, e pelo fato de ter os amados gatos soltos pelo ambiente, que poderiam beber água diluída com os produtos químicos no chão.
 
Já aconteceu de utilizar inseticida à base de água, e hoje foi substituído por chorume da compostagem caseira diluído à proporção de 1:20 com água, e pulverizado nas orquídeas resultando em um bom manejo para afastar mosquitos, pragas e pulgões, sem prejuízo algum nas orquídeas.

 
Fato para análise pessoal: Tive um Dendrobium que necessitou de inseticida químico, então foi para um orquidário comercial ter todo o direito a ter os devidos cuidados para a eliminação das cochonilhas que o infestaram-no, no final deixei-o lá para venda. Este Dendrobium foi adquirido no início da minha coleção, quando de primeira vez já havia limpado com escova de dentes, palito de madeira, água e sabão de coco no ano anterior, porém a cochonilha voltou, me sinalizando que precisava aumentar a ventilação no orquidário e foi aí que decidi que Dendrobium não iria bem aqui. Refleti por fim sobre instalar ventilador elétrico ou abrir a lateral do orquidario, deixando na tela metálica, sem proteção aos insetos em geral.


Aprendizado 12: Aceite abrir mão de determinadas plantas em seu orquidário, afinal nem todas elas se adaptarão ao local. Eu, por exemplo, abri mão dos Dendrobium e Oncidium em minha coleção.

 
Fato para análise pessoal: observe a corrente de ar no seu orquidário. Instale fitas para ajudar a ver o movimento do ar predominante. Evite utilizar algum produto spray quanto o vento estiver forte. Sempre que o fizer, proteja-se com o equipamento de proteção e o faça no sentido que esteja do lado que antecede o vento. Para esta prevenção, nem estamos considerando a quantidade dos produtos utilizados, pode ser um orquidário enorme com várias estufas ou um orquidário doméstico.

 
Aprendizado 13: Utilize o EPI! Antes preservar a saúde do que adoecer por um fato que poderia ter sido evitado.


 
Aprendizado 14: Dê preferência ao cultivo orgânico! Por ser menos agressivo à nós e às plantas.



 
Bom cultivo e muitas flores!